Novas regras para rotulagem nutricional

As empresas do ramo alimentício têm menos de três meses para se adaptarem às novas regras para rotulagem nutricional que entram em vigor no dia 9 de outubro de 2022.
Os rótulos dos alimentos embalados passarão a vir com a imagem de uma lupa, cuja função será alertar o consumidor sobre o excesso de sódio, açúcar adicionado e gorduras saturadas.
A ideia geral é informar melhor os consumidores sobre os teores de substâncias que podem ser nocivas à saúde.
A tabela de informação nutricional também passará por mudanças. Entre as principais:
- Deverá ter apenas letras pretas em fundo branco
- Será obrigatória a informação de açúcares totais e adicionados
- A declaração do valor energético e nutricional será feita por 100 gramas (alimentos) ou 100 ml (bebidas), para ajudar na comparação de produtos
- Deverá constar o número de porções por embalagem
As empresas que estiverem com as informações da rotulagem incoerentes com o alimento oferecido pela marca, ou com dados enganosos, poderão ser multadas, a princípio entre R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão. Tais valores podem aumentar dependendo do porte da empresa, do tamanho da gravidade e da vantagem obtida com a infração. Além da multa, quem não atender aos preceitos da medida corre o risco de ter os produtos recolhidos em pontos de vendas ou ter o cancelamento do registro da mercadoria.

 

Fonte: Super Varejo e S.A Varejo


Voltar

Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.